amortecedor vazando óleo
Componentes e Peças

Amortecedor vazando óleo? Descubra o que você pode fazer

COMPARTILHE:

Amortecedor vazando óleo nunca é um bom sinal. Esse é um componente que está diretamente relacionado à estabilidade ao dirigir e precisa do fluido para funcionar bem. Quando há um vazamento, o nível de óleo fica reduzido, o que pode causar a perda de eficiência da peça.

Para evitar que isso aconteça, continue a leitura deste post e veja o que fazer quando perceber que o amortecedor está vazando óleo!

Como funciona o amortecedor e qual é a sua função?

O amortecedor automotivo é uma peça do sistema de suspensão que tem como função absorver os impactos causados por imperfeições no solo e buracos. Ele funciona basicamente com o emprego de um fluido, de um pistão e de válvulas — que é o que vai efetivamente amortecer os impactos. Quando existe um vazamento, o movimento desse pistão fica afetado, reduzindo a eficiência do componente.

Isso afeta bastante a dirigibilidade do automóvel, causa desgastes em vários outros componentes — como os pneus — e caso o amortecedor perca a ação, pode prejudicar o sistema de freio do veículo, aumentando muito a distância necessária para desacelerar o carro e pará-lo. Por esse motivo, é muito importante ficar atento às dicas para saber a hora certa de trocar o seu amortecedor.

Ele deve ser inspecionado a cada 10 mil quilômetros. Porém, é muito importante ficar atento aos sinais de desgaste no componente. Quando apresentam vazamentos, significa que a sua vida útil chegou ao fim e ele deve ser trocado imediatamente. Mas quais são as principais causas de vazamento no amortecedor? Continue com a gente para saber a resposta.

O que pode causar o vazamento de óleo no amortecedor?

Como você percebeu ao longo deste texto, um amortecedor com vazamento pode colocar a sua vida em risco, fazendo com que você perca o controle do veículo. Mas afinal, o que causa esses vazamentos?

Vedações quebradiças ou rasgadas

Com o passar do tempo, é normal que as peças de borracha presentes no veículo se desgastem. Elas ficam ressecadas e podem ocorrer rachaduras e rasgos. Quando isso ocorre com as vedações do amortecedor, o óleo que absorve os impactos do automóvel acaba vazando.

Uma vez que isso aconteça, o desempenho do amortecedor acaba sendo prejudicado e você começa a perceber que o carro perdeu um pouco de estabilidade. É possível notar que o automóvel começa a “pular” muito. Além disso, pode acontecer aumento do desgaste dos pneus.

Amortecedor torcido

Outra causa que pode levar a um amortecedor vazando óleo é a torção do pistão, que sobe e desce dentro do componente. Esse tipo de problema costuma acontecer quando o componente é submetido a algum tipo de impacto, causado por acidentes ou até mesmo buracos no solo.

Quando torcido, o pistão pode deslocar as peças presentes no amortecedor e levar ao vazamento de óleo. Esse é um caso muito grave, pois o componente pode quebrar a qualquer momento e fazer com que você perca o controle do automóvel, especialmente em velocidades maiores.

Desgaste de componentes internos

O amortecedor possui diversas peças móveis e, com o tempo, elas acabam se desgastando e provocando vazamentos. Impactos e terrenos muito esburacados podem acelerar esse desgaste.

Por esse motivo, recomenda-se que seja feita uma inspeção a cada 10 mil quilômetros rodados, evitando, assim, surpresas desagradáveis que podem acontecer devido à quebra desse componente tão importante para a suspensão.

O que devo fazer se notar um amortecedor vazando óleo?

Se você perceber qualquer tipo de vazamento em seu carro, deve buscar uma solução o mais rápido possível. No caso do amortecedor, a preocupação deve ser maior ainda, pois, se o problema não for resolvido rapidamente, sua segurança ao dirigir estará prejudicada e vários outros componentes vão sofrer com desgaste prematuro, aumentando os custos de manutenção.

Procure uma oficina especializada

Se você perceber que existe um problema de vazamento no amortecedor do seu carro, procure imediatamente uma oficina especializada e evite trocar peças por conta própria, especialmente quando o defeito estiver em um dos componentes da suspensão ou da direção.

A instalação de um conjunto de amortecedores pode até parecer simples, mas requer alguns cuidados e procedimentos que somente um profissional qualificado poderá fazer. Em alguns casos, o problema pode não ser no amortecedor e você vai acabar substituindo a peça errada, desperdiçando dinheiro e não resolvendo a falha.

Faça a substituição do componente

Após consultar um especialista, faça a troca do componente imediatamente. Tome muito cuidado com curiosos que dizem poder consertar um amortecedor defeituoso. Essa não é uma boa prática e vai colocar a sua segurança em risco. Quando essa peça começa a vazar, significa que já atingiu a sua vida útil máxima.

Outra dica importante é substituir os amortecedores aos pares. Se você não fizer isso, pode gerar um desequilíbrio na suspensão do veículo, o que vai trazer problemas. Uma vez que a troca tenha sido feita, é muito importante não se esquecer de fazer o alinhamento das rodas do veículo.

Faça uma revisão na suspensão do veículo

Após a substituição do amortecedor, é uma boa ideia fazer uma revisão para verificar se não existem problemas na suspensão. Se eles existirem, podem ser os responsáveis pela quebra do componente, principalmente se isso aconteceu de forma prematura, ou seja, com uma quilometragem rodada muito baixa e sem que houvesse algum tipo de impacto.

Se você não fizer uma revisão e apenas substituir o amortecedor danificado, o problema pode voltar a acontecer e, em muitos casos, até se agravar. Os coxins do amortecedor, por exemplo, quando em más condições, acabam acelerando o desgaste do componente.

Não utilize peças usadas ou recondicionadas

Dependendo do modelo de veículo, o custo de um par de amortecedores pode ser um pouco alto. Porém, isso não é motivo para usar componentes usados ou recondicionados. Saber escolher corretamente as peças de reposição do seu carro é essencial para mantê-lo sempre em ordem.

Amortecedores de má qualidade, além de prejudicar a sua segurança ao dirigir, tem uma durabilidade bem menor quando comparados a peças de marcas confiáveis. Se você não quer vazamentos nesse componente após pouco tempo de uso, sempre adquira o produto de um bom fabricante.

Notou um amortecedor vazando óleo? Você percebeu que esse é um problema bem sério e não deve ser ignorado, não é mesmo? Então siga as nossas dicas e não coloque a sua vida em perigo, tenha cuidado com peças de má qualidade e sempre procure ajuda de um especialista.

Gostou do nosso post? As informações foram úteis? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter e receba outros textos como este em seu e-mail!

Componentes e Peças
COMPARTILHE: